//78 – GRANADA – ESPANHA

78 – GRANADA – ESPANHA

 

 

Partimos para dormir na cidade de Granada, onde chegamos à noite, com chuva, fizemos um lanche e fomos descansar. 

Dia seguinte saímos cedo e subimos a Serra Nevada para brincar na neve.

 

 

 

Durante a noite ocorreu uma tempestade e a montanha estava com quase meio metro de neve, com muitos turistas e esquiadores se divertindo.

 

 

 

 

Neve é diversão, logicamente para quem está passeando. Aqueles que moram na cidade, certamente ficam bravos por conta do risco de acidentes e da falta de conforto. Lembro de nosso filho Hugo, quando foi fazer um curso em Londres e viu neve pela primeira vez. Telefonou maravilhado contando a alegria de brincar com a neve. Dias depois ele já dizia: “Esta merda não para, não dá pra sair de casa, escorrega na rua, vira uma meleca…”.

Mas para nós foi só alegria. Isa e Ade rolaram na neve já ao sair do estacionamento. Neuza se empolgou e, após os primeiros passos, escorregou e caiu sentada, que lhe rendeu algumas dores nos dias seguintes.

 

 

 

 

 

Com o funicular, chega-se ao ponto mais alto da montanha, a 2.600 metros de altitude, onde os esquiadores se reúnem para a descida em uma das várias pistas do local.

 

 

 

 

 

Foi muita emoção para eu, Ade , Isa e Neuza, que poucas vezes brincamos na neve. Para ajudar, o sol aparecia e a neve caia, ilustrando nosso passeio com pequenos flocos que dançavam no ar.

 

 

 

 

Encontramos até um boneco de neve que permitiu algumas fotos sem reclamar ou exigir cachê. Nossa Bandeira saiu da bolsa diante de tanta beleza.

 

 

 

Fizemos um lanche regado à chocolate quente e descemos a serra exaustos de tanto brincar, como se ainda crianças fossemos. 

No caminho, descendo com muito cuidado no asfalto com gelo, paramos para apreciar e registrar mais momentos encantadores no alto da Serra Nevada.